fbpx
Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo

Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo: qual a diferença?

A criação de conteúdo requer uma estrutura estratégica. É aí que os termos que você provavelmente ouviu desempenham um papel fundamental: “marketing de conteúdo” e “inbound marketing”- marketing de entrada.

Então, esses dois termos semelhantes significam a mesma coisa? Se não, quais são as diferenças? Um é mais fácil de implementar que o outro? Mais importante, qual fornece uma estratégia mais completa para empresas?

Aqui está a resposta: pense no marketing de conteúdo como estando sob a égide do inbound marketing; uma parte vital.

No entanto, o inbound marketing é uma abordagem abrangente para atrair, qualificar, nutrir, fechar e encantar clientes. Portanto, se você não estiver usando todas as práticas de entrada, seu marketing não alcançará todo o seu potencial.

O que é marketing de conteúdo?

De acordo com os especialistas do Content Marketing Institute: “O marketing de conteúdo é uma abordagem estratégica de marketing focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público claramente definido – e, finalmente, direcionar ações lucrativas para o cliente”.

Esse conteúdo pode ser uma página na internet otimizada para SEO, um artigo de blog direcionado a um público específico ou um infográfico visualmente atraente que é facilmente compartilhado, pode até ser um vídeo.

Mesmo um vídeo longo é preferido pela maioria das pessoas em vez de ler um White Paper de 50 páginas somente em texto.

Em geral, uma estratégia de marketing de conteúdo envolve o foco nas histórias da sua marca, o que pode ser intrigante e até divertido.

Afinal, quem quer consumir conteúdo chato e sem vida? No entanto, lembre-se de usar os termos que seus compradores potenciais estão procurando.

Seus melhores clientes em potencial, aqueles que estão ativos no processo de compra, podem querer um “parceiro de fabricação confiável”, mas digitam “conversor de máquina de papel” ao fazer uma pesquisa.

Apenas verifique se o seu conteúdo é relevante para um problema que seu produto / equipe possa resolver.

Voltando à definição acima, a “ação lucrativa do cliente” – o objetivo final, é claro – acontece quando você conecta seu conteúdo a uma abordagem de inbound marketing.

Enquanto muitos profissionais de inbound marketing veem o marketing de conteúdo como parte da metodologia de entrada, o marketing de conteúdo nasceu em primeiro lugar.

De fato, o marketing de conteúdo é uma ideia muito antiga. O conceito de marketing de conteúdo foi colocado em prática pela primeira vez em 1895 pela John Deere.

Uma das primeiras editoras focadas em marcas do mundo, a revista “The Furrow” teve uma circulação de 1,5 milhão e seu objetivo era educar seus usuários sobre as melhores práticas agrícolas.

Isso parece muito próximo aos esforços de marketing de conteúdo de hoje.

O que é inbound marketing?

O Inbound marketing, ou marketing de entrada é um conjunto de ferramentas e processos que trabalham juntos, combinando a forma como as empresas comercializam com a forma como as pessoas compram hoje.

O inbound marketing aproveita o comportamento para que o tráfego seja gerado, as relações sejam formadas, os leads sejam conquistados e os clientes ficam encantados.

Portanto, embora o conteúdo útil envolva os possíveis clientes em busca de respostas, a metodologia de entrada fornece uma estrutura para tudo em seu mix de marketing – da estratégia à produção de conteúdo, distribuição à promoção, SEO para criação de leads e alinhamento de marketing e vendas.

A estratégia de inbound marketing aprimora o funil de vendas tradicional, implementando um modelo de volante que não apenas aprimora a jornada do comprador, como realmente inspira o crescimento dos negócios.

Para aproveitar ao máximo a entrada, você precisa dos sistemas certos, como a automação de marketing que conversa com seu CRM para ajudá-lo a qualificar e nutrir os leads certos em grande escala, além de fornecer dados que sua equipe de vendas possa usar para ajudar a melhorar seus índices de fechamento.

O software certo não apenas fornece todas as métricas imagináveis ​​sobre como seus clientes em potencial estão se relacionando com seus negócios, mas também cria um ponto de contato com clientes, permitindo que você crie fluxos de trabalho para entregar perfeitamente conteúdo personalizado e relevante para seus leads e clientes com base em suas necessidades.

O conteúdo é crítico, mas é apenas parte da história.

Desejamos que o conteúdo gere resultados e ajude a alcançar seus objetivos.

Como o inbound marketing é uma metodologia orientada por dados e resultados, seu marketing de conteúdo é totalmente integrado à sua estratégia de conversão.

O inbound produz resultados usando o conteúdo para atrair e transformar clientes em potencial em leads, portanto, o foco é otimizar o conteúdo e a experiência de conversão.

Ao usar todos os componentes do inbound marketing, torna-se a abordagem mais poderosa para seguimentos complexos, porque aciona um mecanismo repetitivo e escalável que produz leads mês após mês.

O Inbound Marketing agora é considerado por muitos como uma das melhores maneiras de atrair, converter e encantar os consumidores modernos.

Na essência, o inbound marketing tem como objetivo atrair clientes em potencial para você.

Uma estratégia de inbound marketing  geralmente criação e distribuição de conteúdo, através de blogs, mídias sociais e e-mail marketing. Isso é feito para gerar, nutrir e fechar leads.

Talvez queira saber sobre:

Conclusão

É fácil ver por que algumas pessoas confundem os termos.

O marketing de conteúdo é uma parte essencial do Inbound Marketing, como escrever blogs e conteúdo do site.

No entanto, você ainda pode usar o funil de inbound marketing e a jornada do comprador sem se concentrar na criação de conteúdo.

Da mesma forma, você pode se concentrar na criação de conteúdo sem inbound marketing, como a criação de conteúdo para um artigo de revista.

Embora você possa tecnicamente fazer um sem o outro, ambos são mais bem-sucedidos quando feitos em conjunto. Uma das piores coisas que você pode fazer é adotar o inbound marketing ou de conteúdo com a exclusão total da outro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *